quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Última fornada!

Entrego hoje a última encomenda para o natal. Terminei agora a pouco de encerar a última caixa, e isso me faz lembrar que minha cera acabou! Cerinha guerreira! Durou 1 ano e 7 meses, é muito não? E olha que já encerei um bocado de coisas. Essa cera é a Poliflor, já falei dela aqui.
Nesse natal não vendi tanto quanto o do ano passado, mas estou satisfeita. O que faltou foi uma feira para expor meus trabalhos. E como não tive nenhuma indicação, e não fiquei sabendo de feiras, esse ano não deu. As únicas que são divulgadas para os artesãos reservarem suas vagas são aquelas em que o aluguel custa em torno de R$1.000,00... e isso para mim é inviável. As outras feiras que me refiro, são aquelas em clubes, bairros, mas sempre quem fica sabendo primeiro ou os próprios organizadores já indicam alguém, que indica mais alguém e logo não há mais vagas. O jeito é a própria divulgação, por email, para amigos, conhecidos, e por aí vai...
Essa minha última fornada foram 4 caixas de chá e 2 de vinho. São as minhas preferidas! Amo caixas de chá... mas não tomo chá, logo, não tenho nenhuma!rs...
Minha cliente comprou há 3 meses uma caixa de chá que fiz toda branca, apenas com detalhes em alto relevo. A pessoa que ela presenteou gostou tanto que ela encomendou mais 4! Todas iguais. Se fosse no início eu me descabelaria pois não há nada pior do que pintar uma peça de branco! Mas com o tempo fui superando esse trauma. Não digo que foi fácil, mas resisti!
E essa mesma cliente, é freguesa das caixas de vinho. Fiz as duas em mogno, que é a campeã de elogios e forradas com veludo.
A maioria das encomendas que recebo são assim, a pessoa diz para eu fazer a meu gosto! Nossa, como isso é complicado. Sou tão eclética! Amo cores berrantes, como também as em tom pastel, amo branco, amo preto... amo o antigo, como o atual. Enfim, a solução é tentar pegar o maior número de informações possível. Como: a personalidade da pessoa, cores favoritas, decoração da casa.
Mas não vou negar que amo inventar! Claro! Como não? E quando estou passeando, em um parque, na praia ou viajando é que a inspiração me vem, as idéias e também novos projetos. Surge como um estalo. Como esses dias, que eu estava pintando de madrugada e me veio uma luz, logo catei um papel e uma caneta e desenhei um armário para meu atelier. rs... Venho procurando o armário ideal, e nada melhor do que eu mesma projetar pensando nos espaços que preciso para cada coisa.
Acho que encomendas agora só ano que vem! Vou aproveitar e organizar meu atelier que está uma bagunça!

3 comentários

Denise disse...

Eu tb ganhei presente dentre essas encomendas êêêê...ameiii!!

Gabi disse...

Oi Aline, :<)!!!
Este veludo a que se refere por acaso é o mesmo que o papel camurça?
Uso papael camurça na parte de baixo de algumas peças, mas fiquei na duvida agora...
Beijos

Gabi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Postar um comentário

^