quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Feito a mão



Me perguntava sempre, se o artesanato não é tão valorizado por parte de quem compra ou de quem faz. Mas hoje acho que o maior responsável é o próprio artesão, digo o maior e não o único! Passeando por feirinhas a gente se depara com peças e trabalhos lindíssimos feitos a mão e que são cobrados por eles uma mixaria! O lucro é tão baixo que calculo que para pagar uma conta de luz o artesão tenha que vender 20 peças daquela. É sim, hoje muitas pessoas escolhem esse caminho por falta de opção, falta de emprego e fazem suas pecinhas e saem com a esperança de venderem o suficiente para passar aquela semana.
E se deparam com consumidores acostumados com a concorrência do mercado. Acostumados a pagar barato por produtos industrializados, aqueles que foram produzidos em uma máquina capaz de gerar 1.000 iguais aquele em um dia. Assim fica difícil competir, não acha?
Se esquecem que um produto artesanal, levou tempo para ser produzido. Tem peças que levamos mais de um dia para fazer! Sem contar, no capricho, no amor que dedicamos a cada trabalho. São horas ali se preocupando com detalhes, com o resultado final.
E a saída para muitos artesãos é cobrar pouco para poder vender e não ficar no prejuízo. Mesmo que o lucro seja apenas de R$1,00 ou R$5,00. E com isso o consumidor se acomoda, se acostuma a pagar aquela mixaria e passa a pensar que todo trabalho artesanal deve custar pouco, o suficiente para terem certeza que saíram no lucro, caso contrário não compram, pois as inúmeras lojas e shoppings da vida oferecem outros produtos parecidos (porém industrializados) com menor valor. São consumidores que não se importam em pagar R$200,00 em uma calça de grife, gastar R$30,00 em uma única refeição, porém sentem-se explorados ao se depararem com produtos feitos a mão custando aquilo que deveria custar.
A maioria das pessoas vê o artesanato como uma alternativa para se economizar, por isso deve-se pagar pouco! Gente! Que país é esse??? Não me entra na cabeça como as pessoas tratam o artesanato com tanto desrespeito, tanto pouco caso.
Isso além de triste é revoltante!
Mas... como não posso mudar a cabeça do mundo todo, peço apenas que você reflita! Se é um consumidor, saiba que artesanato é uma oportunidade de ter em sua vida, em sua casa uma peça única e que levou horas para ser elaborada. Mas se você é um artesão, como eu, valorize sempre seu trabalho! E se deparar com pessoas incapazes de valorizá-lo, não se deixe levar, não se abaixe para poder agradar a esses. Tenha paciência, que apesar de tudo, hoje, ainda há pessoas que sabem dar o devido valor a cada coisa!

1 comentário

Denise disse...

Adorei! Concordo plenamente! E viva o artesanato!

Postar um comentário

^